junho 16, 2024
InícioDestaquesEm Boa Vista, mais de 46 mil alunos da rede municipal de...

Em Boa Vista, mais de 46 mil alunos da rede municipal de ensino já foram atendidos pelo projeto Bem-Te-Vi

Publicado em

Um novo olhar para a educação! Na capital da Primeira Infância, as crianças recebem atenção especial e contam com políticas públicas específicas, voltadas para promoção do bem-estar e qualidade de vida. Uma dessas iniciativas é o Bem-Te-Vi, projeto que tem transformado a vida de milhares de alunos da Rede Municipal de Ensino e representa o compromisso da Prefeitura de Boa Vista em cuidar do futuro da nossa cidade.

O Bem-Te-Vi completou neste último dia 20 de abril, um ano de implantação, beneficiando milhares de crianças com a entrega gratuita de óculos de grau. Desde então, 87 escolas da rede já foram triadas, totalizando 46.803 alunos atendidos. Destes, 6.526 foram encaminhados para consulta oftalmológica, etapa que determina se de fato a criança necessitará de correção da visão.

As triagens ocorrem em todas as creches, pré-escolas e unidades de ensino fundamental da capital. As próximas a serem contempladas serão as escolas indígenas e do campo. A execução do projeto, como triagem, diagnósticos, equipamentos e estruturas, é custeada com recursos próprios do município.

Melhoria no aprendizado

Até o momento, 3.457 crianças foram contempladas com os óculos. A escolha da armação fica por conta delas, com a disponibilização de diversas cores e estilos, em um mostruário semelhante ao de uma ótica. Todos as etapas e procedimentos acontecem nas próprias escolas, no contraturno das aulas, garantindo que os alunos não precisem se ausentar das atividades educacionais regulares.

“A maioria dessas crianças nunca havia passado por uma consulta oftalmológica. Por conta disso, o projeto tem o importante papel de identificar esses alunos que, por necessitarem de óculos, encontram dificuldades no aprendizado. Com o Bem-Te-Vi, passamos a garantir acesso e oportunidade, possibilitando que cada criança alcance seu potencial máximo em sala de aula e em sua própria rotina”, disse o prefeito Arthur Henrique.

Diagnóstico no tempo certo

Para Ildeane Cardoso, mãe do pequeno João Bernardo, de 3 anos de idade, o projeto tem grande representatividade. Isso porque, graças ao Bem-Te-Vi, foi descoberto um problema de visão mais complexo, que exigiu a necessidade de um Tratamento Fora Domicílio (TFD). Conforme Ideane, o diagnóstico no tempo foi fundamental para que a visão do filho fosse preservada.

“Ela também ficou receosa que o filho fosse resistente em usar os óculos. “Como ele é muito novo, imaginei que talvez não fosse se adaptar. Mas quando ele colocou os óculos, disse ‘Mamãe, estou enxergando tudo grande e bonito’. Desde então, ele não tira mais do rosto, só para dormir. Sou eternamente grata pelo projeto”, disse.

“Passei a ler e escrever melhor”

Quem também está com o coração mais tranquilo é Maria Golveia, mãe da Fraymar, de 7 anos. Segundo ela, a filha se queixava constantemente de dor de cabeça e, volta e meia, tinha que levá-la ao hospital. Após ser atendida pelo projeto, a menina teve sua rotina escolar e pessoal transformada para melhor.

Todo o processo de encaminhamento ao HCSA e TFD foi extremamente rápido. Fora do Estado foi constatado que ele tinha alto grau em ambos os olhos, sendo 6 no esquerdo e 3 no direito e que um olho é maior que o outro. O médico afirmou que se tivéssemos demorado um pouco mais para iniciar o uso dos óculos, meu filho poderia perder totalmente visão”, explicou.

“Nas consultas, nunca associaram a necessidade de usar os óculos. Foi por meio do Bem-Te-Vi que descobri que minha filha precisava e isso, para qualquer mãe, é motivo de muito alívio. Ela sentia dores de cabeça e eu lhe dava alguma medicação ou a levava ao hospital. Mas o problema sempre voltava. Desde que passou pelo projeto, nunca mais se queixou de dores”, relatou.

Fraymar contou que agora está mais feliz e confiante na escola. “Antes eu tinha que me sentar bem na frente para conseguir enxergar direito. Agora, sinto que consigo ler e escrever muito melhor. Adorei também ter escolhido meus próprios óculos”, cont

Foto: Divulgação

Últimos Artigos

Deputados autorizam mais de R$ 85 milhões em créditos adicionais para o Governo de Rondônia

Em sessão extraordinária realizada nesta sexta-feira, 14, a Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO) autorizou...

Alex Redano anuncia R$ 16 milhões para pavimentação de Ariquemes, administrada por Carla Redano, esposa dele

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos) anunciou na última quinta-feira, 13, a destinação de...

Governador Wilson Lima faz entregas de mais de R$ 1 milhão para os setores rural e social de Manicoré

O governador Wilson Lima fez a entrega de duas toneladas de alimentos como macaxeira,...

Em Alto Alegre, Governo de Roraima reinaugura Ginásio Poliesportivo Passarinho

O Governo de Roraima, por intermédio da Seed (da Secretaria de Educação e Desporto),...

Mais como este

Deputados autorizam mais de R$ 85 milhões em créditos adicionais para o Governo de Rondônia

Em sessão extraordinária realizada nesta sexta-feira, 14, a Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO) autorizou...

Alex Redano anuncia R$ 16 milhões para pavimentação de Ariquemes, administrada por Carla Redano, esposa dele

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos) anunciou na última quinta-feira, 13, a destinação de...

Governador Wilson Lima faz entregas de mais de R$ 1 milhão para os setores rural e social de Manicoré

O governador Wilson Lima fez a entrega de duas toneladas de alimentos como macaxeira,...