julho 12, 2024
InícioDestaquesComissão aprova proposta do deputado Zé Haroldo que incentiva o desenvolvimento de...

Comissão aprova proposta do deputado Zé Haroldo que incentiva o desenvolvimento de tecnologias para PCDs

Publicado em

A Comissão da Pessoa com Deficiência da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira, 11, o substitutivo proposto pelo deputado Zé Haroldo Cathedral (PSD) ao Projeto de Lei 4378 de 2023. A proposta prevê a redução de impostos para empresas que desenvolvem tecnologias assistivas voltadas a Pessoas com Deficiência (PcDs). Entre essas tecnologias estão aplicativos, jogos educativos para promover habilidades sociais e de comunicação, e outras ferramentas que favorecem a autonomia desses cidadãos.

A proposta defendida pelo relator, deputado Zé Haroldo, amplia o escopo do projeto original para abranger o desenvolvimento de tecnologias assistivas dirigidas a pessoas com qualquer tipo de deficiência. “Esses recursos promovem e consolidam a acessibilidade das pessoas com deficiência, derrubando barreiras existentes e assegurando uma vida digna. Nesse contexto, então, considero necessário ampliar e estender os incentivos fiscais a empresas que realizem investimentos em pesquisa e desenvolvimento de quaisquer tecnologias assistivas”, afirmou o deputado.

Entre os incentivos fiscais previstos no projeto estão:

  • A dedução dos valores investidos em pesquisa e desenvolvimento da base de cálculo da Contribuição Sobre o Lucro Líquido (CSLL).
  • A depreciação integral, no ano da aquisição, de máquinas e equipamentos novos destinados à pesquisa e ao desenvolvimento das tecnologias para fins de apuração do Imposto sobre a Renda das Pessoas Físicas e da CSLL.
  • A redução à zero da alíquota do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) e da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) em pagamentos no exterior de contratos relacionados à pesquisa e desenvolvimento das novas tecnologias.

Zé Haroldo Cathedral justificou a relevância da matéria ao assegurar o direito à inclusão de forma universal a todos que apresentam algum tipo de deficiência. “Não restam dúvidas de que o presente projeto merece ser aprovado em sua íntegra, em virtude dos inúmeros benefícios gerados. Estamos propondo incentivos para o desenvolvimento de ferramentas que irão promover o exercício dos direitos e a melhoria da qualidade de vida para os PcDs.  Portanto, esta aprovação significa mais autonomia e equidade para as pessoas com deficiência,” concluiu.

Foto: Divulgação

Últimos Artigos

Ex-deputada Marília Pinto assume Superintendência de Programas Especiais da ALE após convite de Sampaio

Na manhã desta sexta-feira, 12, o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), Soldado...

Infrações por falta de cinto de segurança aumentam 57,6% em Roraima em junho

O Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima) registrou no mês de junho deste...

Inscrições para Curso de Robótica Educacional em Boa Vista são prorrogadas até 14 de julho

As inscrições para o Curso de Robótica Educacional da Prefeitura de Boa Vista são...

Roraima intensifica ações preventivas contra a praga Amaranthus Palmeri

A Aderr (Agência de Defesa Agropecuária de Roraima) está executando ações de prevenção contra...

Mais como este

Ex-deputada Marília Pinto assume Superintendência de Programas Especiais da ALE após convite de Sampaio

Na manhã desta sexta-feira, 12, o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), Soldado...

Infrações por falta de cinto de segurança aumentam 57,6% em Roraima em junho

O Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima) registrou no mês de junho deste...

Inscrições para Curso de Robótica Educacional em Boa Vista são prorrogadas até 14 de julho

As inscrições para o Curso de Robótica Educacional da Prefeitura de Boa Vista são...