junho 12, 2024
InícioDestaquesGovernador Antonio Denarium entrega primeiras 90 matrizes leiteiras do programa "Roraima Mais...

Governador Antonio Denarium entrega primeiras 90 matrizes leiteiras do programa “Roraima Mais Leite”

Publicado em

O Governo de Roraima realizou nesta sexta-feira, 7, em Rorainópolis, a primeira entrega do programa “Roraima Mais Leite”, que visa fortalecer a cadeia produtiva de leite no Estado. Neste primeiro momento, 90 novilhas meio sangue da raça Girolando foram entregues para 18 produtores rurais dos municípios de São Luiz e São João da Baliza utilizarem com matrizes leiteiras em suas propriedades.

Cada um desses produtores recebeu cinco novilhas para fomentar a produção em suas terras. Um desses contemplados foi Laércio Oliveira Silva, produtor rural da vicinal 26, de São João da Baliza. Ele afirma que, com esse apoio do Executivo estadual, poderá ampliar a pequena produção que possui atualmente.

“Eu estou produzindo hoje uma média de 45 litros de leite por dia e, se tudo der certo, poderemos chegar aí na média de 100 litros de leite por dia. Busco agregar valor ao leite produzido. Faço queijo, como a mozzarella, que eu faço com azeitona, com doce de goiabada e damasco. Também temos queijo coalho no vinho. Então é uma grande variedade de produtos”, explicou.

O governador Antonio Denarium avaliou a entrega como um momento histórico para o Estado e ressaltou que essa implantação do programa dará segurança alimentar e fonte de renda para a agricultura familiar. Ele também reforçou o trabalho que está sendo realizado para que novas entregas ocorram.

“Nós estamos trabalhando para entregar essas próximas matrizes de laticínios que garantem a comercialização do leite produzido. É dessa forma que nós fazemos a gestão, dando oportunidade para que todos que trabalham e produzem possam de ter o seu sustento por meio do trabalho no campo, gerando mais empregos, renda e desenvolvimento para Roraima”, declarou.

O programa

O Roraima Mais Leite é uma política pública inovadora que busca estruturar e fortalecer a cadeia produtiva do leite regional, proporcionando o aumento do rebanho, bem como a melhoria da qualidade e a competitividade dos produtos no mercado roraimense.

Dentre os objetivos do programa também são destaque o apoio à industrialização, a qualidade e sanidade, capacitação técnica, assistência técnica, promoção e marketing, melhoria da infraestrutura, estímulo à organização cooperativa, fomento à pesquisa e inovação.

O secretário de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação, Márcio Grangeiro, reiterou o esforço conjunto da Seadi com as demais pastas e órgãos do eixo de desenvolvimento, como a Desenvolve RR e a Aderr (Agência de Defesa Agropecuária do Estado de Roraima). Ele também citou o repasse das matrizes leiteiras com alto padrão genético como uma resposta para as demandas dos pequenos pecuaristas que já trabalham com leite em pequena escala e que querem potencializar as atividades.

“O Governo dará apoio para que esse pequeno produtor se consolide nesta atividade, com assistência técnica de qualidade, com capacitação, com fomento, de maneira que esta cadeia se estruture da melhor forma possível, de forma sólida, garantindo para as futuras gerações um alimento saudável do campo à mesa”, disse.

A execução do projeto coordenado pela Seadi é de responsabilidade do Iater (Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural). Como pontuado pelo presidente da instituição estadual, Marcelo Pereira, o órgão é responsável pela identificação e seleção desse produtor, obedecendo aos critérios pré-estabelecidos dentro do programa. A partir disso, o pequeno pecuarista terá todo o suporte, desde a entrega de novilhas até a assistência técnica completa e qualificações que modernizarão a produção.

“Sendo esse público produtor, agricultor familiar, que tem, em sua propriedade, o potencial de trabalhar a questão da cadeia produtiva, da bacia leiteira e a aptidão e disponibilidade do produtor, ele pode desenvolver o projeto, e o projeto ter resultado positivo no incremento da sua renda e principalmente na produção de alimentos de qualidade e com diversidade dentro da sua terra”, complementou Pereira.

Metas

Dentro do plano de desenvolvimento do “Roraima Mais Leite”, existem algumas metas previstas. No momento, o Governo trabalha na aquisição de 3 mil novilhas meio sangue da raça Girolando para melhorar a genética do rebanho.

Para os próximos passos do programa, o Governo deve realizar a melhoria das instalações nas propriedades, incluindo currais eficientes e sistemas de ordenhas modernos, e fomentar a promoção de cooperativas e associações para facilitar a comercialização e negociar melhores preços para os produtores.

Também estão previstos o estímulo ao investimento em tecnologias de manejo, nutrição e melhoramento do rebanho e promoção de cursos e treinamentos para capacitar produtores, garantindo práticas sustentáveis e maior produtividade.

Foto: Divulgação 

Últimos Artigos

Agentes da Polícia Civil de Roraima participam de operação nacional de proteção ao Meio Ambiente

A PCRR (Polícia Civil de Roraima), por meio da DPMA (Delegacia de Proteção ao...

Em Brasília, Helder Barbalho diz que escolheu para o Pará modelo de desenvolvimento baseado em floresta viva

O governador do Pará, Helder Barbalho, afirmou, nesta quarta-feira, 12, que o Estado do...

Professor é condenado a 114 anos de prisão por estupro de seis crianças em Jaci-Paraná; Denúncia foi do MP

O Ministério Público de Rondônia (MPRO) obteve, junto ao Poder Judiciário, a condenação de...

ALE vai tomar providências contra policial civil de Roraima que chamou deputado de “otário”, “mentiroso” e “banana”

Nesta quarta-feira, 12, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) se reuniu...

Mais como este

Agentes da Polícia Civil de Roraima participam de operação nacional de proteção ao Meio Ambiente

A PCRR (Polícia Civil de Roraima), por meio da DPMA (Delegacia de Proteção ao...

Em Brasília, Helder Barbalho diz que escolheu para o Pará modelo de desenvolvimento baseado em floresta viva

O governador do Pará, Helder Barbalho, afirmou, nesta quarta-feira, 12, que o Estado do...

Professor é condenado a 114 anos de prisão por estupro de seis crianças em Jaci-Paraná; Denúncia foi do MP

O Ministério Público de Rondônia (MPRO) obteve, junto ao Poder Judiciário, a condenação de...