junho 16, 2024
InícioAmazonasDeputado Sinésio critica decreto de Bi Garcia para compras sem licitação em...

Deputado Sinésio critica decreto de Bi Garcia para compras sem licitação em Parintins

Publicado em

O deputado estadual Sinésio Campos expressou preocupação com o decreto do prefeito de Parintins, Bi Garcia, que autoriza compras sem licitação. Segundo Sinésio, a medida emergencial pode ser um pretexto para evitar a transparência nas contratações e nos gastos públicos.

“A publicação deste decreto, a pouco mais de um mês do festival, levanta suspeitas sobre as verdadeiras intenções da prefeitura”, afirmou.

Durante a sessão desta terça-feira (22) na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Sinésio destacou que a medida ocorre seis meses antes das eleições, permitindo ao prefeito gastar sem necessidade de licitação. O deputado enfatizou que a situação no município é antiga e preocupante.

Sinésio relembrou sua visita a Parintins no ano passado, quando levou a comissão de Recursos Hídricos e Saneamento Básico da Aleam para uma Audiência Pública. Estudos apresentados mostraram agravamento da contaminação dos poços que abastecem a cidade.

“Dos 26 poços, 22 apresentavam altas concentrações de poluentes, tornando a água imprópria para o consumo. A menos de 30 dias do festival folclórico, ele vem com essa medida”, afirmou o deputado.

O parlamentar também destacou que o problema da contaminação da água em Parintins é conhecido desde 2005, com estudos indicando a contaminação dos lençóis freáticos. Em 2018, a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) confirmou que a água do município era imprópria para consumo.

Sinésio criticou a falta de regulamentação na perfuração de poços e a inação da prefeitura ao longo dos anos.

“Não é só perfurar poço, é buscar água de qualidade. Seis anos se passaram desde que começamos a denunciar esse problema. Agora, somos surpreendidos com esse decreto de emergência, que aponta essa situação como ‘anormal’. O prefeito estava ciente desse problema e não agiu para resolvê-lo”, declarou.

O deputado alertou que a medida pode prejudicar os cofres públicos e levantou sérias preocupações sobre a transparência e a eficácia na resolução do problema.

Foto: Divulgação

Últimos Artigos

Deputados autorizam mais de R$ 85 milhões em créditos adicionais para o Governo de Rondônia

Em sessão extraordinária realizada nesta sexta-feira, 14, a Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO) autorizou...

Alex Redano anuncia R$ 16 milhões para pavimentação de Ariquemes, administrada por Carla Redano, esposa dele

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos) anunciou na última quinta-feira, 13, a destinação de...

Governador Wilson Lima faz entregas de mais de R$ 1 milhão para os setores rural e social de Manicoré

O governador Wilson Lima fez a entrega de duas toneladas de alimentos como macaxeira,...

Em Alto Alegre, Governo de Roraima reinaugura Ginásio Poliesportivo Passarinho

O Governo de Roraima, por intermédio da Seed (da Secretaria de Educação e Desporto),...

Mais como este

Deputados autorizam mais de R$ 85 milhões em créditos adicionais para o Governo de Rondônia

Em sessão extraordinária realizada nesta sexta-feira, 14, a Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO) autorizou...

Alex Redano anuncia R$ 16 milhões para pavimentação de Ariquemes, administrada por Carla Redano, esposa dele

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos) anunciou na última quinta-feira, 13, a destinação de...

Governador Wilson Lima faz entregas de mais de R$ 1 milhão para os setores rural e social de Manicoré

O governador Wilson Lima fez a entrega de duas toneladas de alimentos como macaxeira,...