junho 12, 2024
InícioDestaquesCom obras desde 2021, gestão de Arthur melhora a vida das famílias...

Com obras desde 2021, gestão de Arthur melhora a vida das famílias do campo e garante escoamento da produção

Publicado em

Com recuperação de estradas, implantação de asfalto, galerias e pontes mais reforçadas, a Prefeitura de Boa Vista tem melhorado a trafegabilidade para quem vive e trabalha na zona rural de Boa Vista. Desde 2021, 15 vicinais já foram contempladas com investimentos de infraestrutura do município. Em diversos trechos, a atual gestão já recuperou 193 km com serviços de terraplenagem e 36,9 km com pavimentação asfáltica.

Quem comemora essas benfeitorias é a produtora rural, Maria Ezelda da Silva, que no dia 28 de maio completará 69 anos. Ela mora em uma pequena vila na vicinal BVA 347, região do Bom Intento. Por lá, são implantados 14km de asfalto que chegarão até a ponte do Brasileiro.

A produtora conta que veio do Ceará e mora há 38 anos em Roraima. Em Boa Vista, morou nos bairros dos Estados e Caranã. Mas seu sonho sempre foi viver na zona rural. E assim que teve a oportunidade, comprou um sítio na região do Truaru, onde chegou a produzir batata-doce, batata, melancia, abóbora, macaxeira e maxixe.

Em maio do ano passado, Maria Ezelda decidiu se mudar para o Bom Intento para ficar mais próximo à cidade. Hoje, com as melhorias de infraestrutura na região, vê a facilidade de ir a Boa Vista e voltar para sua cada com mais segurança.

“Quando cheguei ao Bom Intento, as estradas eram cheias de lama e muito buraco. Carros e motos atolavam. Mas quando vi as máquinas da prefeitura trabalhando, rapidinho chegou o asfalto que hoje está bem na frente de casa. Vejo que está avançando e vai contemplar outros moradores que vivem aqui, além de melhorar o escoamento de produção. Fico muito feliz, pois vejo que os trabalhos da prefeitura estão indo mesmo pra frente”, disse.

A produtora conta ainda que sua produção melhorou após conhecer o Plano Municipal de Desenvolvimento do Agronegócio (PMDA), onde viu a facilidade que a prefeitura oferece em descontos na compra de insumos para melhorar a sua lavoura, além de receber todo o apoio técnico. Esse ano, ela já recebeu os insumos e agora, já está preparando a terra para iniciar o plantio de milho.

“Já fiz meus canteiros para a lavoura. Tudo o que planto eu consumo e também comercializo na cidade. Depois que cheguei ao Bom Intento, já plantei maxixe, banana e melancia. Agora, vou começar a plantar o milho com incentivo da prefeitura e devo colher no mês de julho. Eu amo esse lugar. É aqui que tenho minha calmaria, produzo meus alimentos e vivo tranquilamente”, afirmou a produtora.

Vicinais recuperadas – Além dessas melhorias de infraestrutura na região do Bom Intento, a atual gestão já recuperou 34,96km em trechos das vicinais BVA: 345, 347 e 349. Nessa última, foram implantados quase 13km de asfalto a partir do bairro Pedra Pintada até a ponte do Igarapé Água Boa de Cima.

A prefeitura também duplicou as duas primeiras pontes da região e reconstruiu a terceira de madeira de 65m, reforçando sua estrutura. Como também, substituiu ponte de madeira e implantou galerias nas vicinais BVA 347 e substituição de tubulação na BVA 345.

A produtora rural Leila Paludo, 68, mora há 15 anos na vicinal BVA 349, onde produz e comercializa milho, macaxeira, manga, acerola, goiaba, cajá e até pão caseiro. Ela acompanhou de perto a transformação que a região recebeu com as obras da prefeitura.

“Vim do Rio Grande do Sul e estou há 19 anos em Roraima. Depois que o asfalto chegou, a nossa vida melhorou bastante e não penso em sair daqui, pois tudo o que produzo, eu comercializo na minha própria casa. No próximo final de semana, já farei a colheita do milho que é bastante procurado pelos meus clientes”, disse a produtora.

Região do Murupu também é contemplada na infraestrutura e construção civil

Na região do PA Nova Amazônia – Murupu, não é diferente. Por lá, desde 2021 foram pavimentados quase 17km em trechos das vicinais BVA 284, 285, até a 148 que dá acesso ao Lago do Robertinho, um dos principais pontos turísticos da capital e mais 7,2km em um trecho da vicinal 3 da BVA 477.

Já nas vicinais 2, 4, 5 e 10, em alguns trechos foram substituídas as pontes de madeira por galerias. Na parte de construção civil, o Murupu recebe obras de construção de uma Unidade Básica de Saúde porte I na BVA 476, que em breve será entregue para a população. Bem ao lado, está a execução de uma da nova Escola Municipal José David Feitosa Neto com quadra poliesportiva.

Quem reconhece as melhorias que vem acontecendo na região é a coordenadora pedagógica Cristiane Machado, 45, que trabalha na da Escola Municipal José David Feitosa Neto. Ela mora no bairro Monte Cristo e conta que após a chegada do asfalto, melhorou bastante a vida de quem mora e de quem trabalha na região.

“O asfalto era um sonho antigo dos moradores que vivem no Murupu, pois só aqui na escola temos sete rotas com ônibus escolares que pegam e deixam os alunos em suas casas. Antigamente, tanto os moradores, como quem trabalha na região, sofriam com a dificuldade das estradas que eram bem precárias. Eu por exemplo, moro no bairro Monte Cristo, que fica cerca de 32km e chego em 20 minutos à escola. O asfalto é maravilho e venho para o meu local de trabalho e volto para casa com total segurança”, frisou.

Foto: Divulgação

Últimos Artigos

Luiza Trajano, do Grupo Magalu, reúne lideranças em evento do Grupo Mulheres do Brasil, em Manaus

A empresária e empreendedora social Luiza Trajano, participou nesta quarta-feira, 12, em Manaus, de...

Agentes da Polícia Civil de Roraima participam de operação nacional de proteção ao Meio Ambiente

A PCRR (Polícia Civil de Roraima), por meio da DPMA (Delegacia de Proteção ao...

Em Brasília, Helder Barbalho diz que escolheu para o Pará modelo de desenvolvimento baseado em floresta viva

O governador do Pará, Helder Barbalho, afirmou, nesta quarta-feira, 12, que o Estado do...

Professor é condenado a 114 anos de prisão por estupro de seis crianças em Jaci-Paraná; Denúncia foi do MP

O Ministério Público de Rondônia (MPRO) obteve, junto ao Poder Judiciário, a condenação de...

Mais como este

Luiza Trajano, do Grupo Magalu, reúne lideranças em evento do Grupo Mulheres do Brasil, em Manaus

A empresária e empreendedora social Luiza Trajano, participou nesta quarta-feira, 12, em Manaus, de...

Agentes da Polícia Civil de Roraima participam de operação nacional de proteção ao Meio Ambiente

A PCRR (Polícia Civil de Roraima), por meio da DPMA (Delegacia de Proteção ao...

Em Brasília, Helder Barbalho diz que escolheu para o Pará modelo de desenvolvimento baseado em floresta viva

O governador do Pará, Helder Barbalho, afirmou, nesta quarta-feira, 12, que o Estado do...