julho 13, 2024
InícioAmazonasVereador de São Gabriel da Cachoeira é condenado por crime militar e...

Vereador de São Gabriel da Cachoeira é condenado por crime militar e fica fora das eleições de 2024

Publicado em

O juiz federal da Justiça Militar, Ataliba Dias Ramos, condenou o 1° Ten R2 Edivan Lizardo Cruz, mais conhecido como vereador Tenente Lizardo, a três meses de detenção por ter influenciado o comandante Maj Duilio Sales Garcia a cometer infração ao promover militar que não teria direito. Em virtude de a sentença já ter transitado em julgado, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) foi informado e o tenente teve seus direitos políticos suspensos.

A conduta imprópria, que fere o regimento militar, ocorreu em 2019. Naquele ano, foi realizado um levantamento das vagas existentes no Quadro de Cargos Previstos (QCP) em virtude do licenciamento de cabos. A evolução de patente (de soldado para cabo) dependeria da nota obtida no Curso de Formação de Cabos (CFC) e de estar na Qualificação Militar (QM) de interesse da Organização Militar.

O comandante Maj Duilio era o responsável por autorizar as promoções dentro das QM, seguindo os critérios regulamentares da Portaria nº 46-DGP. Nas promoções envolvendo as demais QM, ele cumpriu rigidamente as regras. No entanto, na QM 1174 (Comunicações), na qual concorriam os então soldados Francisley Alves da Silva, que tirou nota 8,53 no CFC e Arilson Kenald Alves dos Santos, que obteve nota de 8,50 ou 8,16 no CFC a conduta foi diferente.

Por preencher os pré-requisitos, a promoção para a patente de cabo deveria ter sido concedida ao soldado Francisley, no entanto, por influencia do Ten Lizardo, que interviu junto ao comandante pedindo favorecimento para o seu inquilino, o soldado Kenald foi promovido, mesmo tendo nota mais baixa e estando na QM 1171.

O Ministério Público Militar, autor da denúncia, apresentou como prova uma conversa de áudio pelo WhatsApp entre o tenente Lizardo e o então soldado Kenald em que eles discutiam a questão abertamente. O vereador e tenente Lizardo, inclusive, orientava o soldado a negar veementemente a culpa.

Por maioria de votos, o Maj Duilio foi absolvido e o Ten Lizardo condenado. Como o TRE foi informado sobre a decisão, o vereador não poderá votar nem ser votado nas eleições deste ano.

Foto: Divulgação 

Últimos Artigos

Prefeitura lança edital de chamamento para área de alimentação do Mormaço Cultural 2024

Nesta sexta-feira, 12, a Prefeitura de Boa Vista abriu o edital de chamamento para...

Ex-deputada Marília Pinto assume Superintendência de Programas Especiais da ALE após convite de Sampaio

Na manhã desta sexta-feira, 12, o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), Soldado...

Infrações por falta de cinto de segurança aumentam 57,6% em Roraima em junho

O Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima) registrou no mês de junho deste...

Inscrições para Curso de Robótica Educacional em Boa Vista são prorrogadas até 14 de julho

As inscrições para o Curso de Robótica Educacional da Prefeitura de Boa Vista são...

Mais como este

Prefeitura lança edital de chamamento para área de alimentação do Mormaço Cultural 2024

Nesta sexta-feira, 12, a Prefeitura de Boa Vista abriu o edital de chamamento para...

Ex-deputada Marília Pinto assume Superintendência de Programas Especiais da ALE após convite de Sampaio

Na manhã desta sexta-feira, 12, o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), Soldado...

Infrações por falta de cinto de segurança aumentam 57,6% em Roraima em junho

O Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima) registrou no mês de junho deste...