junho 12, 2024
InícioDestaquesRO: Com investimentos de R$ 5,8 milhões, governador Marcos Rocha fortalece atividade...

RO: Com investimentos de R$ 5,8 milhões, governador Marcos Rocha fortalece atividade da agricultura familiar

Publicado em

Com investimentos superiores a R$ 5,8 milhões ao longo do primeiro trimestre deste ano, o governador de Rondônia, Marcos Rocha (União), fortaleceu o recebimento dos alimentos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) Federal, na modalidade Compra com Doação Simultânea.

A ação acontece por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), em parceria com a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO) e prefeituras municipais.

Conforme o Governo, ao todo, 2.115 agricultores familiares cadastrados no Programa foram beneficiados, e receberam os valores correspondentes à demanda entregue. Além disso, 389 entidades filantrópicas distribuídas nos 52 municípios do Estado, recebem os alimentos, contribuindo para a segurança alimentar e nutricional de muitas pessoas, em situação de vulnerabilidade.

O investimento total para essa iniciativa foi de R$ 5.831.539,46 (cinco milhões, oitocentos e trinta e um mil, quinhentos e trinta e nove reais e quarenta e seis centavos), disponibilizados pelo Governo Federal.

Essa ação demonstra o comprometimento das instituições e dos produtores rurais em promover a inclusão social, o fortalecimento da agricultura familiar e o combate à fome e desnutrição no estado de Rondônia. É um passo importante no sentido de garantir o acesso a alimentos de qualidade à população mais necessitada.

Edital

O Governo de Rondônia também fez o lançamento de um edital para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) estadual no valor de R$ 3 milhões de reais, que irá beneficiar aproximadamente, 630 agricultores familiares. O edital encontra-se em fase final de análises de propostas.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, o Programa de Aquisição de Alimentos é uma importante ferramenta para incentivar a produção local, gerar renda aos agricultores familiares e garantir o acesso a alimentos frescos e de qualidade para quem mais precisa. “É fundamental que essas ações continuem sendo desenvolvidas e ampliadas, para garantir a inclusão social e o combate à fome e desnutrição, em Rondônia”, salientou.

Projeto

Outra ação desenvolvida nesse trimestre de 2024, pela Seagri, foi o início do Projeto de Incentivo à Segurança Alimentar, que tem como objetivo implementar hortas agroecológicas comunitárias em escolas e aldeias indígenas de Rondônia. Na Escola Estadual Princesa Isabel foi implantada horta com abóbora, couve, rúcula, cebolinha e coentro, cuja produção vai beneficiar a merenda escolar de aproximadamente 150 alunos.

Na aldeia Bom Samaritano, da etnia Karitiana, a horta está em plena produção, fornecendo abóbora, pepino, alface, couve, cebolinha, rúcula e pimentão, que vai auxiliar na alimentação de nove famílias.

Segundo o secretário de Estado da Agricultura, Luiz Paulo, o Projeto contribui para a conscientização sobre a importância da agricultura familiar e da alimentação saudável. “É fundamental que iniciativas como essa sejam ampliadas e replicadas em outras comunidades, e assim, garantir a disponibilidade de alimentos nutritivos para toda a população, esperamos que ela traga benefícios duradouros às escolas e aldeias envolvidas”, concluiu.

Foto: Divulgação 

Últimos Artigos

Em Brasília, Helder Barbalho diz que escolheu para o Pará modelo de desenvolvimento baseado em floresta viva

O governador do Pará, Helder Barbalho, afirmou, nesta quarta-feira, 12, que o Estado do...

Professor é condenado a 114 anos de prisão por estupro de seis crianças em Jaci-Paraná; Denúncia foi do MP

O Ministério Público de Rondônia (MPRO) obteve, junto ao Poder Judiciário, a condenação de...

ALE vai tomar providências contra policial civil de Roraima que chamou deputado de “otário”, “mentiroso” e “banana”

Nesta quarta-feira, 12, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) se reuniu...

Após revitalização, Porto de Borba é liberado para receber visitantes

O Porto de Borba, distante a 151 quilômetros de Manaus, foi revitalizado e liberado...

Mais como este

Em Brasília, Helder Barbalho diz que escolheu para o Pará modelo de desenvolvimento baseado em floresta viva

O governador do Pará, Helder Barbalho, afirmou, nesta quarta-feira, 12, que o Estado do...

Professor é condenado a 114 anos de prisão por estupro de seis crianças em Jaci-Paraná; Denúncia foi do MP

O Ministério Público de Rondônia (MPRO) obteve, junto ao Poder Judiciário, a condenação de...

ALE vai tomar providências contra policial civil de Roraima que chamou deputado de “otário”, “mentiroso” e “banana”

Nesta quarta-feira, 12, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) se reuniu...