julho 12, 2024
InícioDestaquesCiclistas poderão contribuir com sugestões ao Plano de Mobilidade Urbana de Boa...

Ciclistas poderão contribuir com sugestões ao Plano de Mobilidade Urbana de Boa Vista

Publicado em

A prefeitura está elaborando o primeiro Plano de Mobilidade Urbana Sustentável (PMUS) de Boa Vista. Como parte desse processo, entre os dias 27 de maio e 14 de julho, o município fará a Pesquisa Origem-Destino (OD) com ciclistas em 31 pontos da cidade a fim de construir um diagnóstico sobre o tráfego na capital e propor melhorias à malha cicloviária.

Trata-se de uma ferramenta fundamental para o planejamento da mobilidade urbana. Através da coleta de dados sobre os deslocamentos das pessoas, como origem, destino, horário, meio de transporte utilizado e motivo da viagem, a pesquisa fornecerá informações valiosas para construção de novas ciclovias e a melhoria das já existentes, bem como implementar medidas para melhorar a segurança dos ciclistas.

Nas entrevistas, os pesquisadores irão levantar alguns dados como o tipo de bicicleta utilizado, motivo dos deslocamentos e integração do veículo com o transporte público. Além disso, também irão fazer perguntas sobre a percepção de conforto e segurança durante iluminação pública, arborização e conforto térmico.

“O objetivo dessa pesquisa é identificar os trajetos mais utilizados pelos ciclistas, com foco nas ciclovias já existentes e em áreas com projetos de ampliação da malha cicloviária. Isso permitirá à prefeitura garantir maior fluidez, segurança e conforto para os ciclistas”, explicou o membro do comitê gestor do PMUS, o arquiteto e urbanista Ricardo Freitas.

Os pesquisadores seguirão o formulário como roteiro de questionamentos para coleta das informações necessárias, estarão devidamente identificados com farda e crachá. Eles poderão ser identificados pela camiseta com a identidade visual do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável na frente. Na parte de trás, estarão o brasão da Prefeitura de Boa Vista e a logo da Certare Engenharia, empresa que prestará consultoria para o município durante todo o processo.

Confira os pontos onde a pesquisa será feita

  • Ponto 1 – Cruzamento – R. Mte. Albano x Av. dos Bandeirantes
  • Ponto 2 – Av. Felinto Barbosa Monteiro
  • Ponto 3 – Instituto Federeal – Campus Boa Vista
  • Ponto 4 – Av. Brigadeiro Eduardo Gomes
  • Ponto 5 – Av Glaycon de Paiva
  • Ponto 6 – Av. Cap. Ene Garcês
  • Ponto 7 – Av. Princesa Isabel
  • Ponto 8 – Parque Rio Branco
  • Ponto 9 – CIPTUR – Av. das Águias
  • Ponto 10 – Av. João de Alencar x R. Yeyê Coelho
  • Ponto 11 – Av. Minas Gerais x Av. Amazonas
  • Ponto 12 – Estádio Canarinho
  • Ponto 13 – R. Belo Horizonte
  • Ponto 14 – R. Expedito Francisco da Silva
  • Ponto 15 – Av. General Ataíde Teive
  • Ponto 16 – R. Francisco Anacleto da Silva
  • Ponto 17 – Entrada – Cidade Satélite
  • Ponto 18 – Av. Carlos Pereira de Melo
  • Ponto 19 – Av. Centenário
  • Ponto 20 – R. Hélio Pinto Pinheiro
  • Ponto 21 – Av. Gen. Bento Gonçalve
  • Ponto 22 – Av. Gal Ataíde Teive x Av. Nossa Sra. De Nazaré
  • Ponto 23 – Praça Cidade Satélite – R. Capela
  • Ponto 24 – Rotatória – Av. Consolação de Matos x Av. da Terra
  • Ponto 25 – Alameda Antares x Av. Parimé Brasil
  • Ponto 26 – Pátio Roraiama
  • Ponto 27 – Av. Gal Ataíde Teive x Av. São Joaquim
  • Ponto 28 – R. Carmelo – Parque Germano Augusto Sampaio
  • Ponto 29 – Av. Sol Nascente x R. Estrela D’álva
  • Ponto 30 – Ent. UFRR – Av. Nova Iorque
  • Ponto 31 – Av. Roma x R. Rio Ajarani

Próximas pesquisas irão contemplar pedestres, transporte de cargas e motoristas de carro e moto 

Além dos ciclistas, o plano de mobilidade urbana também incluirá pesquisas com pedestres e usuários de outros meios de transporte, como transporte público, transporte individual como carros e motocicletas, bem como transporte de cargas.

“Essas pesquisas fazem parte do diagnóstico da nossa cidade em relação à mobilidade. Temos que entender que a mobilidade não está vinculada apenas aos sistemas de ônibus, lotação ou transporte individual de passageiros. Ela inclui todos os meios de transporte”, destacou Freitas.

Foto: Divulgação 

Últimos Artigos

Prefeitura lança edital de chamamento para área de alimentação do Mormaço Cultural 2024

Nesta sexta-feira, 12, a Prefeitura de Boa Vista abriu o edital de chamamento para...

Ex-deputada Marília Pinto assume Superintendência de Programas Especiais da ALE após convite de Sampaio

Na manhã desta sexta-feira, 12, o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), Soldado...

Infrações por falta de cinto de segurança aumentam 57,6% em Roraima em junho

O Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima) registrou no mês de junho deste...

Inscrições para Curso de Robótica Educacional em Boa Vista são prorrogadas até 14 de julho

As inscrições para o Curso de Robótica Educacional da Prefeitura de Boa Vista são...

Mais como este

Prefeitura lança edital de chamamento para área de alimentação do Mormaço Cultural 2024

Nesta sexta-feira, 12, a Prefeitura de Boa Vista abriu o edital de chamamento para...

Ex-deputada Marília Pinto assume Superintendência de Programas Especiais da ALE após convite de Sampaio

Na manhã desta sexta-feira, 12, o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), Soldado...

Infrações por falta de cinto de segurança aumentam 57,6% em Roraima em junho

O Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima) registrou no mês de junho deste...